Sobre verdadeiras caixas-pretas

Se por um lado, o mundo virtual tem textos demais, fotos demais e até fake news demais, por outro, tem informações relevantes, cruzamento de dados e ferramentas que facilitam a leitura disso tudo. Basta querer ler. Para nós, a maior representação de caixa-preta é o que uma educação falha pode produzir. Quem não lê, não se aprofunda e não consegue entender o que, de verdade, não quer entender.

Leia mais

Mais empatia na era da experiência

Entregar um site com conteúdo certo, na hora certa, dentro do contexto certo, que proporcione uma experiência agradável e atenda necessidades, exige pesquisa, estudo e, principalmente, empatia. Nos últimos dois anos, desenvolvemos cerca de 30 projetos digitais – sites e hotsites. O que tem ficado de aprendizado está, desde o início, no manifesto da Refinaria: não projetamos para designers nem para ganhar prêmios; projetamos para pessoas. O nosso designer e desenvolvedor web Rafael Ortman fala sobre design com foco no usuário.

Leia mais

Design de exposições: a materialização de um enredo

“Toda exposição tem como propósito que o visitante saia uma pessoa diferente da que era quando entrou”, resume a designer Rafaela Wiedemann ao falar sobre Design de Exposições. A concepção e a montagem de exposições faz parte da essência da Refinaria, que cria um diálogo entre espaços, objetos, imagens, cores, luzes e linguagens de apoio.

Leia mais

Relatórios Anuais: o design da transparência

Acompanhamos a metamorfose dos relatórios anuais: de livros de capa dura, sofisticados e cheios de textões para publicações mais leves, criativas, com infográficos e até mesmo publicadas em forma de hotsites. O importante é que ele seja um instrumento de prestação de contas à sociedade e também um espelho capaz de refletir a autoimagem de uma organização, possibilitando os ajustes em direção à sustentabilidade de fato.

Leia mais

Antes e depois: uma nova experiência de leitura

A Refinaria recebeu a missão de fazer uma nova edição de um livro técnico do Instituto Ronald McDonald, com layout mais leve e funcional, que garantisse o conforto na leitura e, principalmente, a transmissão da mensagem. A publicação sobre o diagnóstico precoce do câncer infanto-juvenil, que havia sido lançada dez anos atrás, agora ganhou boxes, infográficos, bullet points e cores, criando uma nova experiência para o leitor. Dá uma olhadinha no antes e no depois desse #10yearchallenge!

Leia mais

Que time é esse?

Eu e Rafaela somos da turma que iniciou os estudos na faculdade em um ambiente sem computadores. Fizemos artes-finais em overlays, usamos papel manteiga para fazer as marcações e aprovamos muito prelo. Mas tivemos que apresentar nossos projetos finais (agora, TCCs) em computadores emprestados dos amigos mais descolados. Em 4 anos o panorama tinha mudado…

Leia mais

Design é o caminho para o bom, bonito e barato

Ao se pensar num projeto que envolva produção industrial, é muito comum que os clientes não questionem os valores cobrados pelas indústrias (mais concretos), mas fiquem constrangidos com os valores cobrados pelo serviço de design (mais subjetivos). O que esperamos que as pessoas entendam é que um bom projeto de design pensa em todas as…

Leia mais